Irene,

05.jpg

sabe quem escolheu seu nome? João. Sabe como? Primeiro, antes de saber que você seria essa menina linda, brincava comigo e com a sua mãe que, se fosse um irmãozinho, teria o nome de Fidel. Corre no Google, filha (o Google ainda existe quando você estiver lendo isso?). Busca "Fidel Castro". Viu? Riu? Seria o seu nome, se fosse menino. Fidel. Sempre gostei dessa ideia. Bom, como sua mãe não gostava tanto e tem um santo forte danado, veio você. Você, Irene. Nome que ele escolheu enquanto disfarçava um pouco a enorme curiosidade do que seria ter uma irmã, uma irmãzinha, dentro de casa. Tocou várias músicas acompanhando o seu dvd favorito da época (Caetano Veloso, Zii e Zie, ao vivo). Até que chegou a hora em que Pedro Sá, Ricardo Dias Gomes e Marcelo Callado fizeram a introdução e João, seu irmão, fez o solo:

– Irene. Esse vai ser o nome da minha irmã se for menina.

Hoje, filha, sua mãe (que cortou os cabelos ontem
e está mais linda do que nunca, veja na foto) e eu nos olhamos e rimos. Você, encantada, parecia pedir para chegar perto dos instrumentos. Mesmo sem falar uma só palavra, sim, parecia pedir. Você é nossa música, filha.
Mesmo sem falar uma só palavra, sim, você é.

Do seu pai,
Pedro.