Irene,

Amortece
Amordaça
Amorfia
Amor passa
Amor desce
Amor, fia
Essa coisa que combina a gente
Com um outro tão igual e diferente
Que por ora é para sempre
Que por vezes é para agora
E de repente, que sorte
Amor até a morte

Amor, fia
Amorrinha
Amornece
Amordaça
Dá para se saber quando chegou
Se quer ficar
Ou se pass

Do seu pai,
Pedro.

[valsa para uma bailarina matinal com seu sapo protetor de vestidos]